O que fazer no dia das crianças? 7 dicas para tornar esse dia inesquecível!

Quer tornar o Dia das Crianças especial para o seu filho, mas ainda está em dúvida sobre o que fazer? Existem várias atividades que podem preencher a programação desse dia e torná-lo inesquecível. Confira nossas dicas!

https://unsplash.com/photos/XtOKVEyHP2s
No dia 12 de outubro é comemorado o dia das crianças no Brasil e como se trata de uma data especial para os pequenos, a mesma não pode ser passada em branco. Celebrar essa data é muito importante até mesmo para os adultos, pois relembrar as memórias do passado possibilita um resgate da sua mais pura essência. Para os pais ou responsáveis que estão em dúvida sobre o que fazer nesse dia, aqui seguem algumas sugestões para torná-lo memorável.

1. Atividades ao ar livre junto com a família e os amigos

Que tal juntar a família e os amigos e promover uma diversão no jardim com direito à piquenique, banho de mangueira e guerra de bexigas d’água? Celebrar essa data junto com familiares e amigos proporciona o estreitamento das relações de forma construtiva e empática. Nada melhor do que aproveitar esse dia para curtir uma aproximação maior com os pequenos e levar diversão para o meio familiar e círculo de amigos, garantindo um dia diferente recheado de alegria e afeto.Se tiver muitas crianças presentes dá para bolar uma gincana ou um caça ao tesouro com pequenas premiações. É importante neste momento estimular o contato da criança com a natureza. Deixar que a mesma coloque os pés no chão e mexa com a terra proporciona sensações sinestésicas importante para o desenvolvimento da criança. Construir castelos de areia ou quem sabe até mesmo brincar de jardineiro e ensiná-la a plantar sua primeira plantinha são atividades que deixarão com certeza o dia mais bacana.

2. A importância dos brinquedos educativos

O brincar é muito importante para o universo infantil. Os brinquedos fazem parte desse universo e são verdadeiros aliados no processo educativo e no desenvolvimento social, cognitivo e motor da criança. Sabe-se que é através do ato do brincar e da relação que a criança estabelece com o brinquedo que a mesma revela o seu mundo interior. Estimular o contato da criança com brinquedos educativos se mostra importante pois além de ajudar no processamento de informação e na formação da personalidade do indivíduo, proporciona também o desenvolvimento de potencialidades e de interação com outros. Faz-se necessário, portanto, oferecer brinquedos educativos adequados a cada faixa etária capazes de despertar habilidades e experiências sensoriais que reflitam no desenvolvimento das crianças, como também auxiliar a exploração do mesmo acompanhando o brincar de forma saudável e espontânea.

3. Mãos à obra: faça você seu próprio brinquedo

As crianças tem um poder de imaginação surpreendente. Todo e qualquer objeto pode se transformar em algo lúdico e ser fonte de brincadeira e fantasia no fantástico mundo imaginário da criança. Então por que não aproveitar toda essa imaginação e sugerir à criança que ela monte seu próprio brinquedo, ou quem sabe customize um já existente? É só arregaçar as mangas e procurar dentro de casa recursos que possam ser recicláveis, como caixas, garrafas pets, tampinhas, etc. A imaginação pode voar solta e dela sair os brinquedos mais originais. A criança passa a ter orgulho de suas próprias produções e a valorizar mais as coisas simples. Além de ser uma ótima atividade para trabalhar as habilidades manuais e a criatividade, a criança aprende sobre sustentabilidade, respeito à vida e ao meio ambiente e consumo consciente.

4. Diversão à moda antiga

Como é bom relembrar os bons momentos da velha infância, não é mesmo? Então, que tal aproveitar esse momento nostalgia e compartilhar as boas lembranças com seus filhos? Vale pegar o álbum de fotos antigo e mostrar aos pequenos como era tudo na sua época: roupas, brinquedos, costumes, etc. Isso, com certeza, será garantia de boas risadas. Aproveite, mostre e ensine aos seus filhos como eram os brinquedos e as brincadeiras de sua infância: pião, amarelinha, pipa, bola de gude, peteca, cirandas, bambolê, pula corda... Desfrute deste momento e brinque junto. Essa é a hora de despertar e manter viva a sua criança interior.

5. Experiência culinária

Você já ouviu falar em memória olfativa e gustativa? Uma boa comida pode trazer à tona maravilhosas recordações. Sabe aquele cheirinho que lhe traz lembranças prazerosas como o cheirinho da comida da avó ou aquele sabor que remete ao passado do gostinho daquele prato que sua mãe fazia especialmente para você? Como é gostosa a sensação desses sabores que invadem nossa memória, não é mesmo? Então, que tal proporcionar ao seu pequeno uma experiência culinária inesquecível que também lhe traga, algum dia, sabores da infância? Vale inclusive fazer uma receita de família ou até mesmo elaborar uma. Deixe a criança à vontade para realizar algumas tarefas, mas lógico que sempre com a supervisão de pelo menos um adulto. Utilize utensílios infantis para deixar o momento mais lúdico e por fim, dê um nome ao prato feito. Com certeza será um momento para recordar por toda vida.

6. Organização também é diversão

Sim, é isso mesmo! É possível sim tornar o momento de guardar os brinquedos em um momento lúdico também. Cultuar esse hábito nos pequenos não é nenhum bicho de sete cabeças. Além de ajudar a manter a casa organizada, cria-se senso de responsabilidade desde cedo na vida da criança. Para engajar a criança nessa tarefa, pode-se recorrer a caixas de armazenamento ou caixas para brinquedos. Estas são ótimas para deixar tudo em ordem e evitar tropeços pela casa em algum brinquedo perdido. Pode-se aproveitar esse momento também para separar aqueles brinquedos que de fato a criança ainda usa e o que pode ser doado. É uma tarefa simples, mas enriquecedora, pois ao inserir a criança no universo do voluntariado, trabalha-se o desapego, a solidariedade e o melhor de tudo, proporciona felicidade a outra criança. Afinal de contas, tem muitas crianças em instituições de caridade que adorariam receber esse gesto de carinho. E isso com certeza fará a diferença no dia das crianças para as mesmas que estão nestes lugares, esperando um auxílio ou uma simples atenção. Incentivar seus filhos à ação social ajuda a formar cidadãos de bem!

7. Montar acampamento dentro de casa

A hora de se preparar para dormir também pode se transformar em um momento de descontração. E se for compartilhado com amiguinhos se transforma em um dos momentos que as crianças mais curtem. Aqui, a ideia é montar um acampamento dentro de casa mesmo, com cabaninhas ou tendas infantis. O ambiente pode ser preparado com diferentes temáticas que sejam de interesse das crianças, inclusive por sugestão das mesmas. Deixe a criança usar a criatividade e participar da decoração. Para completar esse momento interativo pode-se fazer a hora da história, sessão de filme com direito à pipoca e até guerra de travesseiros.

Deu para perceber que o leque de atividades para curtir o Dia das Crianças é bem abrangente, não é mesmo? Essas são apenas algumas sugestões para te inspirar. Use a criatividade e surpreenda! Mas, independentemente da programação, o importante mesmo é dedicar esse momento para ficar juntinho de seus filhos e aproveitar ao máximo esse dia.

Encontrar mais produtos e inspirações relacionadas ao artigo