Especial de Natal: como preparar sua casa para a época mais mágica do ano

Está sem criatividade para preparar sua casa para o Natal? Não se preocupe! Com nossas ideias você deixará seu cantinho em clima natalino com muito capricho.

https://unsplash.com/photos/hOdECgGAtUw

Uma das melhores épocas do ano está se aproximando. Para muitas pessoas, o Natal é tempo de renovação, mudanças, prosperidade e amor ao próximo. Todos esses sentimentos refletem na atenção e investimentos dedicados às decorações natalinas. As ruas ganham vida, ficando mais bonitas, iluminadas e decoradas, assim como as casas e tudo que ali dentro se encontra.

Nesta época do ano, as pessoas costumam ficar mais solidárias e reflexivas. Pensar em tudo que se passou durante o ano e tudo que pode vir a mudar e melhorar no próximo, faz nascer o sentimento de esperança em dias melhores. E essa atmosfera é muito contagiante. Envolver sua casa com esse clima de festa e amor deixa tudo com gostinho especial.

O que você vai encontrar neste artigo:


  • Natal, tradições e costumes
  • Símbolos natalinos e seus significados
  • Por que preparar a casa para o Natal?
  • Ideias para envolver sua casa no clima natalino
  • Festa natalina sem erros


1. Natal, tradições e costumes

O dia 25 de dezembro é feriado religioso em vários locais do mundo. Esta é considerada uma das datas mais importantes para os cristãos, pois celebra-se o nascimento de Jesus de Nazaré, símbolo maior do Cristianismo. Além disso, a data é considerada de extrema importância por ser o marco referencial do ano 1 no calendário gregoriano, calendário este usado em maior parte do mundo.

Apesar da tamanha importância, a origem do Natal ainda se cerca de mistérios. Ninguém sabe ao certo como tudo começou, pois lendas existem inúmeras. Acredita-se que a origem das comemorações em torno desta data vai além das festividades religiosas, sendo advindas de algumas crenças sobre o “culto ao sol” que permeavam a Idade Antiga.

O culto ao Sol era uma festividade que celebrava a chegada do solstício de inverno (no Hemisfério Norte), mais precisamente entre os dias 21 e 22 de dezembro. Diversas culturas comemoravam de diferentes formas o “renascimento” do Sol. Apesar de cada uma possuir ritos próprios, o motivo da comemoração era o mesmo: o solstício significava o retorno de tempos melhores e mais produtivos.

Em Roma, quando o cristianismo se firmou como religião dominante, a grande festa solar foi vinculada ao nascimento de Jesus, fundindo assim o culto solar com o culto cristão. Na verdade, o dia exato do nascimento de Cristo não é conhecido, mas a Igreja Católica aproveitou-se das comemorações do solstício para promoção da celebração cristã. O nascimento do “Deus Sol” passa a referenciar o nascimento Daquele que seria considerado a luz salvadora da humanidade.

Por conta desse legado, milhões de pessoas comemoram o Natal em honra ao nascimento de Jesus Cristo. Há toda uma dimensão espiritual permeando as celebrações deste momento. A ocasião se tornou, portanto, um momento para cultivar espiritualidade, compaixão e solidariedade. Para muitos, Natal é tempo de propagar amor, de união com família e amigos e de gestos de caridade.

Em relação às festividades natalinas, não se sabe ao certo como eram configuradas anteriormente, porém perpetuaram-se alguns famosos e consagrados hábitos como a troca de presentes e as suntuosas refeições. Com o passar do tempo, o Natal foi assumindo novas tradições e costumes.

Hoje, as celebrações variam conforme a cultura de cada local, se manifestando de diferentes formas no mundo. No Brasil, a forma mais tradicional de celebração é recheada de símbolos, cada um com seus significados. Quer saber quais são eles? Continue lendo a seguir!

2- Símbolos natalinos e seus significados

  • Árvore – As pessoas costumavam enfeitar as árvores para comemorar a chegada do inverno. O pinheiro então se tornou tradicionalmente a árvore símbolo do Natal, pois é uma das poucas árvores que conseguem manter as folhas verdes mesmo sob baixíssimas temperaturas, simbolizando assim vida e perseverança.


  • Estrela – A estrela que comumente é colocada no topo da árvore de natal representa a Estrela de Belém. Segundo a tradição cristã, esta estrela foi responsável por guiar os três reis magos ao local de nascimento do menino Jesus. Para muitos, a estrela simboliza o próprio Jesus como salvador e guia da humanidade.  
  • Guirlanda - As Guirlandas são símbolos de sorte e boas-vindas. Por isso é comum pendurá-las na porta principal da casa. Prepará-las com carinho, transmite aos seus convidados a sensação de serem bem recebidos e acolhidos.


  • Sinos – Os sinos são usados para simbolizar o anúncio do nascimento de Jesus Cristo e o convite para a pessoas se reunirem para adorá-lo.
  • Velas – Representam a luz que o nascimento de Jesus trouxe ao mundo, de forma a dissipar a escuridão e as trevas. Dessa forma, simbolizam a fé e a presença de Cristo no ambiente.

  • Presépio – Trata-se de uma representação do cenário do nascimento do menino Jesus. Todos os elementos do presépio: a sagrada família, os três reis magos e os animais recriam o momento que o menino Jesus veio ao mundo. Simboliza, portanto, a união do divino com o terreno.
  • Anjos – Remetem à figura do Anjo Gabriel, anjo que teria anunciado à Maria que ela seria a escolhida para trazer o filho de Deus à humanidade. Por assumir o papel de mensageiro, a figura do anjo passou a simbolizar a chegada de boas notícias.
  • Papai Noel - É uma figura inspirada em um bispo turco chamado Nicolau – mais tarde transformado em Santo pela Igreja Católica – que costumava presentear as pessoas mais necessitadas, distribuindo saquinhos de moedas que deixava próximo as suas chaminés. Através de campanhas publicitárias, sua imagem acabou sendo associada às tradições de Natal e com o passar do tempo ganhou uma conotação mais comercial estimulando o ato de troca de presentes durante as festividades de final de ano.

3. Por que preparar a casa para o Natal?

Preparar a casa para receber o natal é permitir que ela absorva toda essa energia que se move nesse período. Todo mundo gosta de preparar suas casas não só para deixá-las bonitas e acolher os entes queridos, mas também para poder deixar fluir todas as coisas boas que o espírito natalino simboliza.

Uma coisa é fato: quando se entra em um lar, a gente rapidamente consegue perceber o amor que ali flui só de observar o carinho com que se é tratado as coisas ali dentro. Nossas visitas alegram-se ao perceber todo o cuidado e atenção que dedicamos ao arrumar nossa casa para compartilharmos momentos especiais com elas.

Nesta época do ano então, as pessoas costumam se dedicar em ajeitar os mais diversos espaços de seus lares para deixar adentrar esse fluxo de energias boas e permitir que a residência seja invadida por esse espírito renovador. Espalhar essa magia natalina por cada canto da casa é, para muitos, transmitir amor.

Os investimentos vão além das decorações de natal propriamente ditas. As pessoas também costumam mover esforços na organização e até mesmo dar uma repaginada com pequenas reformas na casa para começar o ano com o pé direito.

4. Ideias para envolver sua casa no clima natalino

Na hora de preparar sua casa para a chegada do Natal, vale investir no que é tendência, mas vale também resgatar memórias com aqueles antigos enfeites que costumamos guardar. Então, trate de arregaçar as mangas e mãos à obra! É hora de tirar os enfeites das caixas e desenrolar o pisca-pisca!

E não dizem que a primeira impressão é a que fica? Então a decoração tem que começar na entrada da casa. Capriche na Guirlanda que vai ficar na porta da frente, afinal ela vai ser um dos primeiros elementos decorativos vistos pelas suas visitas. Impressione!
A fachada e a varanda também merecem atenção especial. Nesses espaços o segredo é brilhar! Portanto, fique à vontade para abusar da iluminação do pisca-pisca, cordões de luz de led e luminárias decorativas. Os vasos de plantas também não podem passar despercebidos. Está liberado enfeitá-los com luzes de natal também.
Se possuir jardim na entrada, não esqueça de decorá-lo com primor. Afinal, ele é o cartão de visita de sua residência. Investir nele permite não só deixar o ambiente mais bonito, mas também desperta o ânimo de ares natalinos, contagiando quem passa em frente a sua casa. Portanto, nada de poupar esforços na decoração externa de Natal.

Sua sala de estar também merece um upgrade nessa época do ano. Seu sofá pode ganhar um novo visual com mantas e capas de almofadas na temática natalina. Abuse das cores da temporada: vermelho, verde, branco e dourado.

A atração maior, a árvore de Natal, é a peça chave que não pode faltar na decoração. Aproveite o momento de sua montagem para estreitar os laços familiares e cultue o hábito de enfeitá-la estando todos juntos. Crianças podem dar ótimas ideias e curtir bastante o momento. 

Por ser um dos itens mais amados pelo público, surpreenda e inove com uma árvore bem original elaborada com diferentes materiais. Vale todo e qualquer tipo de árvore, podendo ser um pinheiro de verdade, artificial, arbusto seco - coberto ou não com algodão - ou até mesmo adesivos em formato de árvore e decorações na parede.

E por que não arriscar e mudar a disposição da decoração este ano? Aposte numa nova arrumação para seus móveis. Mudá-los de lugar garante um novo fluxo de energia na casa. Disponha-os de uma forma diferenciada. Ah, lembrando que a árvore sempre merece destaque!

Aparadores e buffets, por exemplo, podem ganhar uma nova “cara”. Eles podem ficar muito elegantes com uma composição de velas decoradas e um presépio centralizado. As velas dão todo um charme especial, pois a luz baixa deixa sempre um clima mais intimista e sofisticado. Invista na aromáticas!

Outros ambientes da casa também podem entrar no clima natalino (aliás, está liberado decorar a casa toda se quiser!). Na cozinha, por exemplo, pode-se ter panos de prato, toalhas de mesa, aventais e luvas de forno acompanhando o tema.

Outros espaços também podem ganhar um toque especial, como estantes, prateleiras e nichos. Aí sempre cabe um enfeite de Natal. Coloque a “cuca” para funcionar e pense em formas criativas de harmonizá-los no ambiente, sem deixá-lo sobrecarregado.

Atualmente o mercado disponibiliza vários itens temáticos para compor os mais diversos ambientes. Reforce o clima natalino, espalhando esses objetos pelos cômodos da casa.

Se, no entanto, o orçamento está apertado, uma forma barata e sustentável para enfeitar seu lar é recorrer ao artesanato. Saia do convencional e não tenha receio de ousar nos diferentes materiais. Existem inúmeros recursos a serem explorados para elaborar seus próprios enfeites de Natal. Portanto, desperte seu lado criativo e deixe a imaginação à solta. E se você gosta de botar a “mão na massa” melhor ainda!

5. Festa natalina sem erros

O período de final de ano está repleto de motivos para festejar. Muitas pessoas gostam de aproveitar o momento para reunir entes queridos e curtir bons momentos juntos, seja em grande estilo ou numa celebração mais íntima e reservada. Independentemente de como se configure, qualquer festa precisa de organização.

Sua comemoração de Natal não precisa deixar a desejar! É possível torná-la inesquecível e ser um(a) anfitriã(o) exemplar. Preveja o cenário desejado e garanta que tudo ocorra conforme seus planejamentos. Sua produção pode ser capaz de transportar seus convidados para a encantadora atmosfera natalina.

A primeira coisa a se pensar é sobre quantos convidados pretende receber em sua festa natalina. Se pretende acolher muitas pessoas, mas não tem como acomodar todos eles, banquinhos e puffs podem ser ótimas opções para garantir que nenhum convidado fique desconfortavelmente em pé.

Um dos momentos mais esperados dessa noite mágica e que gera muitas expectativas – além da troca de presentes, é claro – é a ceia natalina. Além da escolha do menu e o preparo dos pratos, não se pode deixar de lado o visual da mesa e a escolha dos acessórios para compor a mesma. Um toque de requinte e o capricho nos detalhes farão toda diferença. Separe aparelhos de jantar, taças, talheres e bandejas especiais para ocasião. Componha-a também com arranjos, guardanapos, jogos americanos e toalhas de mesa, tudo de acordo com a temática natalina. Encante seus convidados e faça-os “comerem com os olhos”!

Deixe expostas também algumas guloseimas. Final de ano está liberado! Biscoitos e chocolates em formato de Papai Noel vão deixar o ambiente lindo e deliciosamente especial. E por falar no bom velhinho, o protagonista da festa não pode faltar. Pedir para alguém representá-lo com suas vestes e distribuir presentes, irá sem dúvida, ser a diversão da festa.
Gostaram de nossas dicas para deixar sua casa envolvida no clima natalino? Com certeza elas deixarão seu lar com um toque especial neste final de ano. Mas lembre-se: a melhor decoração é sempre aquela que desperta os nossos sentimentos!